I Fórum Social Arquidiocesano

NESP participa do Fórum Social Arquidiocesano, divulgando o calendário dos eventos do projeto “Eleições 2008”.

O I Fórum Social Arquidiocesano realizado, no dia 12 de abril, no Colégio Pio XII, avaliou a política social da Arquidiocese de Belo Horizonte, bem como o Vicariato para a Ação Social e Política com a participação de mais de 400 representantes das paróquias, pastorais e movimentos sociais. O NESP esteve presente no Fórum Social. Na ocasião também foi divulgado o calendário de eventos do projeto “Eleições 2008”. 

Cada Região Episcopal apresentou a realidade social e apontou aspectos de discussão sobre o Vicariato para a Ação Social e Política.

A Região Episcopal Nossa Senhora Aparecida – RENSA indicou a importância de fazer valer o Projeto Eleições 2008 e entender as Pastorais Sociais. A Região Episcopal Nossa Senhora da Conceição – RENSC pontuou a força do trabalho de base com o pobre, como frisou Pe. Carlos Fragoso, assessor do Fórum Regional “é preciso escutar o pobre”. A Região Episcopal Nossa Senhora da Piedade – RENSP apresentou um apanhado das práticas sociais. Por fim a Região Episcopal Nossa Senhora da Esperança – RENSE levou um grupo de teatro que mostrou a necessidade de políticas públicas e o Pe. Júlio César, Vigário Episcopal da Região, apontou a necessidade de fazer um “investimento maior na conscientização política”.

Este primeiro momento, também foi um espaço para manifestações com relação às questões sociais. O Fórum suscitou a construção de um documento, uma carta aberta, repudiando a transposição do Rio São Francisco, construção do presídio em Ribeirão das Neves, Parque Estadual da Serra do Rola Moça e degradação do meio ambiente pelas mineradoras, está sendo finalizada pela equipe de redação.

Em um segundo momento, todos se dividiram em sete grupos com objetivo de avaliar a inserção social da Arquidiocese e apontar indicativos sociais e políticos para a III Assembléia do Povo de Deus – APD. Foram levantados aspectos como a formação a partir da doutrina social da Igreja para os agentes sociais, o papel do Vicariato para a Ação Social e Política como articulador das ações sociais nas paróquias e pastorais, a necessidade de uma comunicação mais sistematizada e mais profetismo nas ações.

A equipe do Vicariato para Ação Social e Política fará a sistematização das discussões do Fórum Social Arquidiocesano, para serem apresentadas na III Assembléia do Povo de Deus – APD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *