NESP pesquisa práticas coletivas contemporâneas de uso e apropriação de espaços públicos

O Núcleo de Estudos Sociopolíticos da PUC Minas e Arquidiocese de Belo Horizonte (Nesp) está desenvolvendo o projeto de pesquisa «Modos de vida na sociedade contemporânea: em busca da paz» como uma das ações inseridas nos Objetivos Estratégicos dos Setores da PUC Minas, Triênio 2016-2019.  O projeto conta com financiamento do Fundo de Incentivo à Pesquisa da PUC Minas (FIP).

A experiência coletiva da vida nas grandes cidades e nos espaços públicos urbanos tem sido retratada como o declínio do homem público, na forma de rituais de evitação e embaraço, e o uso cada vez mais ostensivo dos aparatos de segurança privada. Assim, este projeto de pesquisa evidencia uma questão social altamente relevante — a sociabilidade violenta—, entretanto, a investigação em curso busca as contranarrativas: experiências contemporâneas que enunciam as dimensões da paz.

Dentre as formas de contranarrativas ainda embrionárias e que exprimem sutis transformações dos usos e das formas de apropriação dos espaços públicos das grandes brasileiras estão várias ações e inovações lideradas por coletivos diversos. Tais práticas vêm se multiplicando rapidamente. Na região metropolitana de Belo Horizonte, assistimos a um movimento ainda singelo, porém extremamente interessante, abrangendo distintas faixas etárias, etnias, gêneros, classes sociais. São slams, saraus, feiras, rodas de conversa, cafés abertos, performances variadas. A proposta do projeto é o mapeamento dessas iniciativas e a realização de estudos de caso junto àquelas mais ativas e vigorosas.

Esse projeto conta, também, com o apoio do Curso de Ciências Sociais da PUC Minas.

Se você conhece ou participa de eventos e práticas desse tipo, envie-nos um breve relato sobre a sua experiência. Nosso e-mail é paz@pucminas.br.

modos-vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *